Home
Advertisement

Sindifisco convoca associados para reunião com Ana Carla na sexta-feira
Por Cristiano Leobas   
02 de março de 2015

O Sindifisco convoca os associados para participarem de uma reunião com a secretária da Fazenda, Ana Carla Abrão, na próxima sexta-feira, às 9 horas, no auditório do Complexo Fazendário. O objetivo é mostrar à titular da Sefaz a insatisfação dos auditores fiscais resultante dos problemas enfrentados pela categoria.

Os servidores se sentem desprestigiados pela Administração, que não tem dado a importância que o fisco merece. Esse descompromisso tem sido manifestado em algumas medidas que afetam diretamente a vida dos integrantes do quadro especial do fisco. Entre elas estão o não-pagamento do bônus por mérito e o descumprimento de promessas do governo realizadas no ano passado. Assim, o descontentamento e a falta de motivação atingiram um nível significativo para grande parte dos colegas, situação que não pode perdurar.

A secretária já confirmou presença na reunião. O sindicato conta com a presença dos colegas nesse momento.

 

Aumento da folha de pagamento e queda de receitas preocupam a Sefaz
Por O Popular / Giro   
02 de março de 2015

Jarbas Rodrigues Jr.

Maio é o mês da data-base dos servidores, mas secretária Ana Carla Abrão (Sefaz) tem alertado seus colegas no governo para a dificuldade do Estado em arcar com reajustes na folha salarial neste ano. “Temos reajustes concedidos em anos anteriores que já impactam 75% da receita líquida do Estado, mas a receita tem mantido a trajetória de queda desde novembro passado”, diz. Nesta semana a Sefaz e a Segplan apresentarão ao governador Marconi Perillo (PSDB) a nova proposta orçamentária para 2015, a ser enviada para a Assembleia. A perspectiva é de forte ajuste fiscal. Outra preocupação no governo são as informações em Brasília sobre captação de recursos federais, especialmente de novos empréstimos. “O Ministério da Fazenda tem sido muito claro de que neste ano não haverá concessão de empréstimos e espera que os Estados colaborarem com o superávit fiscal do setor público em 2015. Isto terá efeito nos investimentos. Este ano será de muitas restrições”, diz Ana Carla Abrão.

Estado mudará meritocracia e todos os gerentes terão de fazer seleção
Por O Popular / Giro   
27 de fevereiro de 2015
Jarbas Rodrigues Jr.

O governador Marconi Perillo (PSDB) determinou mudança no processo de meritocracia para os 500 cargos de gerências no Estado. Ainda neste semestre será realizada nova seleção, obrigatória para os atuais gerentes. O secretário Thiago Peixoto (Segplan) diz que a seleção será mais exigente e que haverá cobrança de resultados. O modelo atual é composto por três fases: inscrição às vagas, avaliação de currículos e seleção dos melhores para entrevistas. Pela nova proposta, os candidatos com melhores currículos serão selecionados para curso de gestão pública de 60 horas e realizarão provas. Os servidores aprovados terão ainda de entregar um plano de ação para as gerências. Depois disto, os selecionados passarão ainda por entrevistas. “Os gerentes aprovados terão de assinar contrato de metas e passar por outro curso de gestão de 180 horas. Os que não apresentarem resultados, podem perder o cargo”, diz Peixoto. O menor salário para um gerente selecionado é de R$ 5 mil.

Vai ter chiadeira

Ana Carla Abrão (Sefaz) aceitou convite da AGM para debater com os prefeitos goianos a crise financeira nos municípios. Além dos repasses do ICMS, claro.
Em ato na Câmara, entidades pedem o fim do financiamento privado de campanhas
Por Cristiano Leobas   
26 de fevereiro de 2015

25/02/2015 - 20h36

 Movimento composto por mais de 100 instituições defendem projeto da sociedade civil para a reforma pública. Grupo é contra a PEC que deve nortear o início das discussões de comissão especial. 

Parlamentares, representantes de entidades, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), e de movimentos sociais participaram, nesta quarta-feira (25), na Câmara dos Deputados, de ato público de apoio ao Projeto de Lei 6316/13, apelidado de “Eleições Limpas”.

Leia mais...
PEC da Aposentadoria Compulsória deve ser votada na próxima semana
Por Agência Câmara   
25 de fevereiro de 2015

25/02/2015 - 00h58

Encontro na residência oficial do presidente da Câmara reuniu ministros dos tribunais superiores e do TCU e a maioria dos líderes partidários.


O líder do PPS, deputado Rubens Bueno (PR), confirmou na noite desta terça-feira (24) a intenção do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, de colocar em votação na próxima semana a PEC da Aposentadoria Compulsória, que estava na pauta do plenário desta semana. A PEC 457/05 aumenta o limite da aposentadoria de 70 para 75 anos.

Leia mais...
Novo superintendente executivo da Sefaz
Por O Popular   
25 de fevereiro de 2015

Giro 
Jarbas Rodrigues Jr.

Subsecretário

Ex-secretário de Planejamento do Governo do Distrito Federal e analista do Tesouro Nacional, Edson Ronaldo Nascimento é o novo superintendente-executivo da Sefaz.

Governo quer mudar fórmula da aposentadoria e acabar com o fator previdenciário
Por Diário de Pernambuco   
24 de fevereiro de 2015

Depois de negociar as medidas de restrição em benefícios previdenciários, como pensões por morte e auxílio-doença no Congresso Nacional, o governo Dilma Rousseff vai iniciar uma discussão com os movimentos sindicais para acabar com o fator previdenciário. A informação é do ministro da Previdência Social Carlos Gabas, que concedeu ao jornal “O Estado de S. Paulo” sua primeira entrevista após assumir o cargo.

Leia mais...
Giro/ O Popular - Ajuste fiscal no governo deve afetar o plano de desenvolvimento do Estado
Por Giro / O Popular   
24 de fevereiro de 2015

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eliton (PP), apresentará nesta semana ao governador Marconi Perillo (PSDB) o Plano de Desenvolvimento de Goiás. Mas o forte ajuste fiscal no governo deve prejudicar os projetos neste ano. “É claro que os cortes nas despesas de custeio vão impactar alguns projetos. Mas não vamos apresentar um plano para este ano, e sim para até 2018, e buscaremos novas fontes de recursos”, diz. Eliton confirma que vai propor mudanças no Produzir, para ampliar a concessão de incentivos fiscais em Goiás, especialmente para empresas já instaladas no Estado e que pretendem expandir suas operações. A medida não agrada a Sefaz. “A secretária Ana Carla Abrão (Sefaz) sabe da importância de incentivarmos investimentos. Mas é claro que vamos equilibrar o programa ao ajuste fiscal em curso no Estado. Caberá ao governador Marconi definir quais serão as prioridades do Plano de Desenvolvimento”, diz Eliton.

Gasolina, diesel e etanol podem subir de novo
Por O Popular   
23 de fevereiro de 2015

Mal o consumidor se recuperou do susto com os últimos aumentos dos combustíveis, um novo reajuste já começa a ser especulado nesse setor. Isso porque o preço médio da gasolina, do diesel e do etanol sobre o qual o Estado cobra o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) ficou mais alto em Goiás e em outras 14 unidades federativas do País nessa segunda quinzena de fevereiro.

Leia mais...
<< Início < Anterior 1 2 3 Próximo > Fim >>

Resultados 1 - 9 de 21

Últimas Notícias

Cliping

SINDIFISCO - Sindicato dos Funcionários do Fisco do Estado de Goiás